Integration Platform as a Service - iPaaS

O que é um iPaaS e por que sua empresa precisa dele?

Integration Platform as a Service

O iPaas (Integration Platform as a Service) é uma plataforma tecnológica na nuvem que integra os diferentes aplicativos e seus dados gerados em uma empresa. 

A importância dessa tecnologia está relacionada a superação das realidades que ocorrem entre os ecossistemas de negócios, como a fragmentação de informações e o uso de sistemas na nuvem e localmente. O desenvolvimento da cloud computing a torna uma ferramenta voltada para o futuro ao serviço, de um cenário mais versátil e competitivo do que o on-premise.

O iPaas parte de um ambiente de dispersão e isolamento:

  • Aplicações: distribuídas em diferentes departamentos da empresa, internas e externas, e específicas para cada área de negócio.

  • Ambientes: no local e na nuvem, que dão origem ao gerenciamento de aplicativos do local ou através de sistemas SaaS (Software as a Service).

  • Informação: que, em última instância, vem de diferentes fontes de diferentes aplicativos.

O iPass enfrenta:

  • Diferentes níveis de atualização de software de gerenciamento.
  • Sistemas legacy, ou seja, tecnologia legada (equipamentos e aplicativos), às vezes obsoletos, mas contendo informações relevantes para a empresa.
  • Diversos fornecedores.
  • Estruturas e interfaces distintas.

A fragmentação do ecossistema de negócios é o resultado natural no processo de evolução tecnológica da empresa: novas necessidades que foram atendidas através de novos programas e serviços oferecidos por diferentes fornecedores. Em suma, converge uma tecnologia variada, que em muitos casos coexiste com sistemas legados, hospedados em servidores da própria empresa. Para isso, devemos acrescentar a globalização dos mercados e a internacionalização das empresas, que multiplicam os desafios e tornam mais necessária a tecnologia que ajude a enfrentar os desafios.

Com tudo isso, como funciona o iPaas?

Um processo de integração de aplicativos envolve uma série de processos básicos que permitem que vários aplicativos dispersos compartilhem informações e o mantenham sincronizado.

O que é esse processo? A plataforma de integração se comunica com os diferentes aplicativos para extrair os dados. Por meio do processo de mapeamento, ele transforma os dados no formato dos aplicativos de destino e os integra.

Vantagens iPaas

  1. Acessibilidade. Um iPaas é caracterizado por ter uma interface web acessível a partir de qualquer lugar através de uma conexão à internet.
  2. Conectividade. Realiza a comunicação entre as principais aplicações de mercado de diversos tipos como, VMI, ERP ... etc., para os bancos de dados mais comuns (SQL, MySQL, ORACLE) e para arquivos de texto e protocolos como OData e ODBC.
  3. Atualização constante. Além disso, essa conectividade deve ser garantida com a incorporação de novos conectores que permitem que os usuários padronizem, tanto quanto possível, futuros processos de integração.
  4. Integração de comunicações cloud2cloud e localmente. O iPaas permite integrar soluções e dados que vêm de dentro e de fora da organização, de ambientes virtuais e ambientes locais.
  5. Agilidade na implementação do sistema que não requer instalação de software ou aquisição de servidores.
  6. Acesso a informações em tempo real entre sistemas. Essa vantagem favorece a tomada de decisões em tempos mais eficientes, resolvendo incidentes rapidamente, melhorando os tempos de resposta com os clientes, etc.
  7. O iPaas oferece para as empresas várias vantagens adicionais: a manutenção da infraestrutura, atualizações e licenças são de responsabilidade do prestador de serviços; e custos mais baixos em comparação com os sistemas anteriores de integração no local, EAI (Enterprise Application Integration). Soluções instaladas localmente que estabelecem conectividade por meio de ferramentas e arquiteturas complexas, permitindo a integração de dados e processos.

Sua empresa precisa de um iPaas?

  • Sim, se você apostar em sistemas de gerenciamento na nuvem: IaaS (Infraestrutura como Serviço), SaaS (Software como Serviço) e PaaS (Plataforma como Serviço).
  • Sim, se você desejar conectar informações de aplicativos on-premise e cloud2cloud.
  • Sim, se no momento em que você optou pelo EAI (Enterprise Application Integration), o sistema de integração de aplicativos que precede o desenvolvimento das plataformas iPaaS atuais, e deseja superar desvantagens como o alto custo econômico e um longo período de tempo para sua implementação.
  • Sim, se você realmente quer romper com o cenário atual e mais comum em ambientes de negócios, com base no isolamento de aplicativos e dados, e dar lugar a um cenário ideal caracterizado pela integração de serviços e aplicativos que favorecem a automatização de novos processos e a disponibilidade de dados de diferentes fontes em tempo real, que, analisados, são um recurso importante para as empresas.

Saiba mais sobre os possíveis benefícios para a sua empresa.

Entre em contato com um representante da EDICOM

Pode também estar interessado em ler sobre...

Principais desafios que um CSC deve enfrentar no Brasil

Analisamos quais são os principais desafios dos Centros de Serviços Compartilhados (CSCs).