Faturamento eletrônico

A Arábia Saudita torna obrigatório o uso da fatura eletrônica: projeto FATOORAH

Arábia Saudita fatura eletrônica

No final de 2021, a Arábia Saudita tornou obrigatório o uso da fatura eletrônica para todos os contribuintes exceto os não residentes. A partir do dia 4 de dezembro, tem início a sua implementação e a Autoridade Fiscal Saudí Zakat, Tax and Custom Authority – ZATCA, estabeleceu duas fases para o seu processo de massificação.

A solução de faturamento eletrônico da EDICOM está preparada para a fase II (fase de integração) com o sistema ZATCA. Esteja em plena conformidade com o sistema ZATCA, por meio da Plataforma Global de Faturamento Eletrônico da EDICOM.

FATOORAH, projeto de fatura eletrônica na Arábia Saudita

O projeto da fatura eletrônica na Arábia Saudita se chama FATOORAH e foi implementado no âmbito das relações B2B, B2C e B2G. A sua criação começou em dezembro de 2020, quando a ZATCA, anteriormente designada por GAZT, publicou o regulamento de faturação eletrônica especificando os termos, requisitos e condições relacionados com as faturas eletrônicas e as respectivas notas. Em 28 de maio de 2021, emitiu-se mais detalhes do regulamento: especificações técnicas, requisitos e regras que balizarão cada fase do projeto.

Quem deverá utilizar a fatura eletrônica na Arábia Saudita?

A nova regulamentação será aplicada no âmbito B2B e afetará os sujeitos passivos residentes no país. Também afetará terceiros que emitem faturas em nome de um contribuinte sujeito a IVA. Serão excluídas as empresas que não residem no país.

Fases do projeto de faturamento eletrônico FATOORAH e datas importantes

Fase 1. Inicia em 4 de dezembro de 2021.

Durante este período fica estabelecido que o contribuinte emita a fatura eletrônica com um sistema compatível que permita incluir os campos obrigatórios na fatura eletrônica, armazena-as e gere uma cópia eletrônica para o cliente. Faturas manuais não serão mais aceitas nesta fase.

Os campos obrigatórios que devem constar na fatura eletrônica na fase 1 são: número do IVA do comprador, se este estiver registrado como contribuinte obrigado a faturar; a data de emissão da fatura eletrônica e IVA. Opcionalmente, um código QR pode ser adicionado e, é obrigatório no caso de faturas simplificadas (B2C).

Fase 2. Fase de integração

Esta fase será realizada gradualmente. A ZATCA informará com, pelo menos, seis meses de antecedência a data de integração. Mantenha-se a par do calendário de cumprimento:

  1. A partir de 1 de janeiro de 2023, os contribuintes obrigados a faturar eletronicamente e a estabelecer uma conexão à ZATCA são os que têm receitas sujeitas a IVA em 2021, superiores a 3 mil milhões de riais sauditas.
  2. A partir de 1 de Julho de 2023, os contribuintes obrigados a ligarem-se à ZATCA são aqueles com um rendimento sujeito ao IVA superior a 500 milhões de riales sauditas. 
  3. A partir de 1º de outubro de 2023, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 250 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  4. A partir de 1º de novembro de 2023, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 150 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  5. A partir de 1º de dezembro de 2023, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 100 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  6. A partir de 1º de janeiro de 2024, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 70 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  7. A partir de 1º de fevereiro de 2024, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 50 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  8. A partir de 1º de março de 2024, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 40 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.
  9. A partir de 1º de junho de 2024, os contribuintes obrigados a conectar-se à ZATCA são aqueles cujas receitas sujeitas a IVA superem os 30 milhões de riais sauditas durante 2021 ou 2022.

Nesta fase, inicia-se a integração dos sistemas de faturamento que deverão atender aos seguintes requisitos: todas as faturas eletrônicas, sejam elas do tipo de faturas de impostos ou impostos simplificada, e suas notas eletrônicas associadas, devem ser geradas em formato XML ou PDF / A- 3 formato (com XML)

A solução de fatura eletrônica suportada deverá ser capaz de se conectar a uma conexão Internet e integrar-se a sistemas externos por meio de interface de programação de aplicações (API).

Para garantir a integridade das faturas eletrônicas, os seguintes mecanismos de segurança deverão ser implementados: assinatura eletrônica, geração de um identificador único universal (UUID), geração de hash e inclusão de código QR.

Plataforma integral de fatura eletrônica da EDICOM

A EDICOM é um parceiro tecnológico especializado em soluções de Intercâmbio Eletrônico de Dados e Faturamento Eletrônico. Atualmente, opera em mais de 70 países e oferece soluções de faturamento eletrônico em diferentes sistemas de faturamento. Sua experiência e conhecimento nos regulamentos que permeiam a faturação eletrônica permite realizar uma rápida implementação em novos países.

A plataforma internacional de Fatura eletrônica da EDICOM para emissão e recebimento de fatura eletrônica está adaptada às especificações dos países de origem e destino, em que seus clientes operam, bem como, sob constante atualização.

Você precisa estar em conformidade com os requisitos da FATOORAH da Arábia Saudita? Nós podemos ajudá-lo.

Apenas são admitidos domínios corporativos

Os dados pessoais recolhidos serão utilizados pelas empresas do Grupo EDICOM para atender às consultas efetuadas e/ou gerir os serviços solicitados. Você pode exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados de acordo com as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio Você deve entrar na empresa Você deve digitar um número de telefone Você deve inserir uma descrição Você deve inserir sua posição Aceite as condições

EDICOM News Brasil | Saiba mais sobre Faturamento eletrônico

Fatura eletrônica na Bélgica obrigatória em 2026

A Bélgica introduzirá o faturamento eletrônico B2B obrigatório a partir de 1º de janeiro de 2026

Estado da fatura eletrônica obrigatória entre empresas na Espanha

Aspetos chave do regulamento técnico da fatura eletrônica entre empresas na Espanha

Atualização da NF-e: Novas regras de validação e novos campos

Saiba tudo sobre a nota fiscal eletrônica obrigatória no Brasil, conhecida como Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).