Faturamento eletrônico

Atualização da NFS-e em Brasília

Brazil electronic invoicing

A emissão da NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica) em Brasília é modificada a partir de 1º de janeiro de 2023.

Até o momento, o contribuinte obrigado a emitir notas fiscais de seus serviços e produtos em Brasília podia fazê-lo por meio da NF-e conjugada. Nota fiscal para ambos os tipos de operações comerciais dentro do Distrito Federal. Diferentemente de outros municípios do país em que dois modelos devem ser emitidos: a NFS-e para faturar serviços e a NF-e para faturar produtos. A primeiro é encaminhada à prefeitura da cidade onde a empresa está localizada e a segunda é encaminhada ao Ministério da Fazenda, SEFAZ.

Como será emitida a NFS-e em Brasília?

O Ministério da Economia do Distrito Federal anunciou que vem implementando desde o início de novembro de 2022, o sistema de Gestão, Controle e Arrecadação de Serviços Fiscais – ISS. Com a mudança, será utilizado um modelo proprietário de Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e). O novo sistema permitirá a emissão de NFS-e via on-line ou webservice. 

A NFS-e será emitido usando o padrão XML. As comunicações webservice com a cidade de Brasília utilizarão a versão 2.04 da norma nacional da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais - ABRASF, com o objetivo de padronizar as comunicações entre contribuintes e municípios por meio de uma única norma NFS-e.

A EDICOM está preparada para novos cenários de faturamento

A EDICOM é um parceiro tecnológico especializado em soluções de Electronic Data Interchange e e-Invoicing. Destaca-se pela grande agilidade de adaptação de todas as suas soluções para oferecer qualquer tipo de requisito necessário a nível global. Esta agilidade se deve à sua capacidade eficaz de Gestão da Mudança, o que lhe permite adaptar-se a qualquer tipo de cliente. 

Não é à toa que a EDICOM, vem trabalhando de forma constante e atenta junto a algumas associações governamentais, como o caso da ABRASF, na divulgação e apresentação deste novo Sistema Nacional que, sem dúvidas, trará inúmeros benefícios às partes envolvidas, em especial, aos contribuintes que hoje, emitem suas NFS-e em diversos formatos exigidos pelas cidades onde possuem operação física. 

A plataforma internacional de Fatura Eletrônica da EDICOM está adaptada às especificações dos países de origem e de destino em que os seus clientes operam e é atualizada constantemente.

EDICOM News Brasil | Saiba mais sobre Faturamento eletrônico

Conheça o sistema de faturamento eletrônico no Peru

Conheça o funcionamento do Sistema de Emissão Eletrônica - SEE para faturar eletronicamente no Peru.

Romênia: sistema RO e-Transport para transporte de mercadorias

A partir de 1º de julho 2024, entra em vigor a obrigatoriedade do RO e-Transport para todos os transportes internacionais

Fatura eletrônica na Bélgica obrigatória em 2026

A Bélgica introduzirá o faturamento eletrônico B2B obrigatório a partir de 1º de janeiro de 2026