Características da fatura eletrônica na Finlândia

O uso da fatura eletrônica está amplamente difundido tanto no âmbito da administração pública como das empresas privadas. No âmbito B2G, desde 2010, todas as Administrações Públicas preferiram receber as faturas em formato eletrônico, apesar de não existir uma obrigatoriedade até 2020, fruto da legislação europeia sobre contratação pública. No âmbito privado, apesar de não existir uma obrigação, sua utilização é muito comum entre as empresas, por todas as vantagens que oferece.

Obrigatoriedade

Obrigatoriedade

Desde 2020, como parte da implementação da Diretiva 2014/55/UE, as entidades públicas devem poder receber faturas eletrônicas. Contudo, só é exigível o seu envio para os fornecedores quando uma administração pública fatura mais de 10 000 euros/ano.

Formato da fatura

Formato da fatura

TEAPPSXML 3.0 e Finvoice 3.0.

Assinatura digital

Assinatura digital

Não obrigatória.

Armazenamento

Armazenamento

7 anos.

Precisa saber mais sobre a fatura eletrônica na Finlândia?

Entre em contato com um de nossos especialistas em faturamento eletrônico.

Informamos que os dados pessoais coletados por meio deste formulário poderão ser utilizados para contato por qualquer uma das empresas do Grupo EDICOM. Da mesma forma, você pode exercer os direitos de acesso, retificação, eliminação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados, conforme as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio Você deve digitar um número de telefone Selecione seu país Aceite as condições

Enviando

Por favor espere. Isso pode levar alguns segundos.

Obrigado pelo envio das informações!

Implementação da fatura eletrônica no mundo

Os requisitos técnicos e legais para o faturamento eletrônico são diferentes em cada país. Se você deseja conhecer os detalhes e as obrigações fiscais de um determinado país, basta clicar no mapa ou escolher um país na lista a seguir.

Notícias sobre a faturação eletrónica na Finlândia

Estado da fatura eletrônica na Escandinávia

Analisamos o estado atual do faturamento eletrônico na Suécia, Finlândia, Noruega e Dinamarca