Características do faturamento eletrônico na Espanha

Em Espanha, a fatura eletrônica só é obrigatória no âmbito da Administração Pública. Os fornecedores da Administração devem enviar as faturas eletrônicas ao PGEFe (Ponto Geral de Entrada de Faturas Eletrônicas) que cada Administração Pública tem disponibilizado e preparado tecnicamente para facilitar a recepção dos arquivos. No âmbito B2B, a utilização da fatura eletrônica está muito consolidada por meio da troca de estruturados EDI assinados eletronicamente a partir de dispositivos seguros de criação de assinatura. Desde 2018, também é obrigatória a utilização da fatura eletrônica nas relações entre subcontratados e contratados principais da Administração Pública e a sua remissão por meio da plataforma FACeB2B.

Obrigatoriedade

Obrigatoriedade

A fatura eletrônica é obrigatória na Administração Pública, assim como nas relações entre os seus subcontratados e contratados quando o valor da mesma superar os 5000 euros. No âmbito B2B, o seu uso é voluntário e está condicionado à aceitação expressa do receptor.

Procedimentos administrativos requeridos

Procedimentos administrativos requeridos

Nas relações com a administração pública, é necessário contar com um certificado eletrônico para a assinatura obrigatória destes documentos. Na sua ausência, pode-se usar os serviços de assinatura digital de um fornecedor por meio do sistema de 'delegação de assinatura'.

Formato da fatura

Formato da fatura

Só está normalizado o formato FACTURAE para as relações com a administração pública. Trata-se de um documento estruturado XML que os fornecedores e credores das administrações públicas espanholas devem criar obrigatoriamente.

Assinatura digital

Assinatura digital

Obrigatória nas faturas dirigidas à administração pública. Para o restante das faturas eletrônicas, não é obrigatório, embora se trate de um sistema amplamente usado nas relações B2B.

Formato de impressão

Formato de impressão

Só está normalizado o formato FACTURAE para as relações com a administração pública. Trata-se de um documento estruturado XML que os fornecedores e credores das administrações públicas espanholas devem criar obrigatoriamente.

Sistema tributário eletrônico

Sistema tributário eletrônico

Espanha dispõe de um amplo sistema tributário eletrônico que, por sua vez, consiste em vários subsistemas: 

Precisa saber mais sobre a fatura eletrônica na Espanha?

Entre em contato com um de nossos especialistas em faturamento eletrônico.

Informamos que os dados pessoais coletados por meio deste formulário poderão ser utilizados para contato por qualquer uma das empresas do Grupo EDICOM. Da mesma forma, você pode exercer os direitos de acesso, retificação, eliminação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados, conforme as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio Você deve digitar um número de telefone Selecione seu país Aceite as condições

Enviando

Por favor espere. Isso pode levar alguns segundos.

Obrigado pelo envio das informações!

Implementação da fatura eletrônica no mundo

Os requisitos técnicos e legais para o faturamento eletrônico são diferentes em cada país. Se você deseja conhecer os detalhes e as obrigações fiscais de um determinado país, basta clicar no mapa ou escolher um país na lista a seguir.